Vida Cristã - Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil - OFM

Manifestação do sagrado

“Não há penitência melhor do que aquela que Deus coloca em nosso caminho todos os dias” (Dom Hélder Câmara).

Sacrifício não significa impor rigores ou castigos ao próprio corpo, pois este é a habitação do Espírito Santo. A palavra sacrifício era composta por sarcer, “sagrado” e facere, “fazer”. Em uma tradução literal, sacrificius seria “tornar um ato sagrado” O “sacrifício” é uma oferta de nós próprios ao Ser a que recorremos. É a nossa apresentação diária a Deus, assumindo nossa missão e o “destino” da nossa própria vida…

Quando tornamos nossa vida algo sagrado, no sentido de reconhecer nela a ação de Deus, vamos compreender e vivenciar este sagrado em todas as suas manifestações… Vamos superar também a dicotomia entre profano/sagrado, pois na consciência não existe cisão ou dualidade… O caminhar da vida é um perene sacrifício, uma oferta diária, uma entrega total da nossa vida a Deus!

Abraços,
Frei Paulo Sérgio, ofm